O Banquete

O BANQUETE

Companhia Casa Cheia

O título do espetáculo foi roubado a Platão por nele o grupo se apoiar para a construção deste espetáculo, que não deseja ser mais do que um lugar onde se come e se celebra o Amor. É, portanto, um “banquete de amor”. Este poderia ser o nome de uma canção dos Santamaria – e talvez seja. (“Here we go!”)

Texto: MIGUEL MATEUS E LUÍSA FIDALGO
Direção: MIGUEL MATEUS
Interpretação: BEATRIZ GODINHO, CATARINA RABAÇA, JOÃO CONDEÇA, JOÃO GASPAR, JOSÉ LEITE, LUÍSA FIDALGO e MIGUEL MATEUS
Cenografia: RITA CAPELO
Desenho de Luz: TASSO ADAMOPOULOS
Música: ÂNGELA FLORES BALTAZAR
Vídeo: LAURA PEDROSA
Produção: DIANA ESPECIAL
Comunicação: PATRÍCIA DEUS
Apoio Fundação Calouste Gulbenkian

A Companhia Casa Cheia nasceu no verão de 2015 em Odivelas. O seu local de nascimento surgiu de uma tentativa de descentralização artística para as periferias de Lisboa. Desde o seu início que a Casa Cheia tem trabalhado com a Câmara Municipal de Odivelas e com a Junta da Pontinha e Famões, de modo a permitir uma culturalização da população do concelho. Em paralelo com este trabalho para a comunidade, a companhia tem criado os seus espetáculos para o público geral contando já com 6 espetáculos sob a direção de Miguel Mateus e Gonçalo Botelho, trabalhando autores como Sófocles, Heiner Muller, John Kolvenbach, J. W. Goethe, Fernando Pinto do Amaral, W. Shakespeare, entre outros, com o intuito de explorar o paralelismo contemporâneo com textos clássicos. 

 

TEATRO

FEV 11 a 21

QUI a SÁB – 21H00
DOM – 16H00

AUDITÓRIO

8€ | DESCONTOS APLICÁVEIS

90 MINUTOS

M/16

PARTILHAR