Novos confessionários – segredos e mentiras

NOVOS CONFESSIONÁRIOS: MENTIRAS E SEGREDOS

de Isabel Medina

“Novos Confessionários – Cabaret Sentimental” foi escrito em 1996 na génese da Escola de Mulheres – Oficina de Teatro, e apresentado no Teatro da Comuna. Este espetáculo é uma revisitação a esse texto. Em registo de alta comédia, “Novos Confessionários – Mentiras e Segredos” traz a palco a vida de três mulheres de perfis completamente diferentes que estão ligadas de uma forma muito mais intensa do que suspeitam. Guardam segredos entre elas, mentem, mas confessam-se nos lugares mais inesperados. São os novos confessionários da sociedade atual: massagistas, astrólogos, “life-coachers”, psicanalistas, “personal trainers”, terapeutas holísticos, etc… Porque aí, elas são ouvidas sem contraditório e, na maior parte das vezes, sem julgamento. De segredo em segredo, um dia a verdade explode. E nesse dia há que confrontar a amizade e fazer escolhas. O espetáculo não só questiona a forma como a mulher, ao mesmo tempo que se sujeita, arranja estratégias de sobrevivência e de domínio sobre o homem, como é também um momento de reflexão sobre o ser humano, sobre quem somos e quais os medos que nos servem de “gatilho” para muito do que fazemos. As circunstâncias exteriores determinam as nossas vidas, ou são as nossas escolhas que as constroem? Terá a Humanidade esquecido o poder do livre-arbítrio? Existe uma quarta personagem. Quem é? O que quer? De onde vem? Faz parte da história? Esse é um segredo do espetáculo. Ver para crer ou crer para ver?

Texto e encenação ISABEL MEDINA
Cenografia e Figurinos ANA VAZ
Colaboração e construção de cenografia PEDRO JARDIM
Interpretação RAFAELA COVAS, RAQUEL OLIVEIRA, LUCINDA LOUREIRO E SÍLVIA FILIPE
Composição Musical MADALENA PALMEIRIM
Cenários e adereços ANA VAZ
Fotografia VITORINO CORAGEM
Vídeo ODISSEIA AUDIOVISUAL – ANDRÉ AMARAL E JOÃO CASEIRO
Desenho de Luz PAULO SANTOS
Operação de Luz RITA CAMPIÃ
Direção de Produção MANUELA JORGE
Assistente de Produção RITA CAMPIÃ
Coprodução ACADEMIA DE PRODUTORES CULTURAIS, MINUTOS REDONDOS
Financiamento REPÚBLICA PORTUGUESA CULTURA, DGARTES, FUNDO CULTURAL DA SPA
Agradecimentos
 CÉLIA CAEIRO (TEATRO ABERTO)

©Fotografia VITORINO CORAGEM

TEATRO

2O22 | FEV 17 a 27

QUI a SÁB – 21HOO
DOM – 16H3O

AUDITÓRIO

12,5O€ | DESCONTOS APLICÁVEIS

80 MIN

M/14

PARTILHAR