Folle Époque

FOLLE ÉPOQUE

SillySeason

FOLLE ÉPOQUE celebra o centenário dos Loucos Anos 20 e propõe uma revisitação histórica à luz dos tempos em que vivemos, tempos de difícil caracterização e ambiguidade. Em cena convocam-se narrativas hipotéticas que remetem para os dois tempos, frente-a-frente. Os anos 20, do século XX, fundem-se a 2020, num jogo entre realidade-real e realidade-ficção, como num “mise en abyme”. A loucura e os seus excessos inerentes espelham o conflito ético-moral da pós-modernidade. FOLLE ÉPOQUE é um espetáculo de teatro, do coletivo SillySeason, que parte da pesquisa do período histórico comummente designado por “Loucos Anos 20”, para discursar sobre os conceitos de “legado” e “identidade” na contemporaneidade. Este projeto parte de um processo de pesquisa para cena e construção dramatúrgica original, que tem vindo a ser desenvolvido pelo coletivo ao longo de oito anos, promovendo um discurso que descodifique e confronte “aquilo que é” com “aquilo que não é” teatro. Em anteriores projetos do coletivo (“Prado de Fundo”, 2016; “Sugar”, 2018; ou “Testamento Em Três Atos”, 2018;) questões como “memória coletiva”, “portugalidade” e “pós-modernidade” tendem a conjugar tradição e inovação, tratando-as como duas forças antagónicas em confronto, mas que se potenciam. Paralelamente ao binarismo desta aceção, têm vindo a trabalhar aquilo que denominam como um “terceiro género” artístico, um lugar indefinido que se encontrará nas margens ou fronteiras de qualquer campo definido, um lugar transfronteiriço (“Rehab”, 2017; ou “Fora de Campo”, 2020).

Conceção e Direção SILLYSEASON (CÁTIA TOMÉ, IVO SARAIVA E SILVA E RICARDO TEIXEIRA)
Interpretação CÁTIA TOMÉ, IVO SARAIVA E SILVA, RICARDO TEIXEIRA, TERESA COUTINHO, RODOLFO MAJOR, SARA RIBEIRO
Vídeo JOÃO CRISTÓVÃO LEITÃO
Assistência Dramatúrgica TELMA JOÃO SANTOS
Cenografia SILLYSEASON
Figurinos e Adereços SILLYSEASON, INÊS ARIANA
Música RICARDO REMÉDIO
Apoio ao Movimento RODRIGO TEIXEIRA
Desenho de Luz MANUEL ABRANTES
Som JOÃO GOMES
Teaser ENRIQUE ESCAMILLA
Fotografia ALÍPIO PADILHA
Design Gráfico JOANA LOURENCINHO CARNEIRO
Produção MARIANA NUNES
Assessoria de Imprensa ÉLIA TEIXEIRA 

SillySeason é um coletivo de artistas (Cátia Tomé, Ivo Saraiva e Silva e Ricardo Teixeira) que, desde 2012, se permite a pensar o teatro e as artes performativas, numa busca constante por novos modelos de criação. Têm contribuído para a produção e aprofundamento de novas dramaturgias, numa constante reflexão sobre o que é teatro, ou o que poderá ser. Promovem a construção de objetos que desafiem as suas próprias lógicas habituais a par de uma estrutura que especule o espetáculo multifacetado. O seu trabalho assenta sobretudo na noção de crise, desmistificando-a, e propondo-lhe novas dimensões de cariz social, político e histórico, entre outros, no sentido de ir solidificando um discurso cada vez mais urgente acerca de um futuro. Ao longo do seu percurso, os SillySeason têm procurado um trabalho em colaboração e em rede, contactando com diversos artistas de diferentes áreas, com várias estruturas e instituições distintas.

TEATRO

2O22 | JUN 15 a 19

QUA a SÁB – 2OH3O
DOM – 16H3O

AUDITÓRIO 

80 MINUTOS

M/16

PARTILHAR