Cenas à Quinta by Cardume

CENAS À QUINTA BY CARDUME

Colectivo Cardume

Programa para quinta à noite? Há cenas na Malaposta e são todas de improviso. Personagens de que reza a história de uma noite só, segredos que ficam só entre nós, copos de vinho e gargalhadas: todas as quintas-feiras de fevereiro e março, os Cardume propõem-se a tornar o acolhedor espaço do Café-Teatro no ponto de encontro entre o teatro, a magia do improviso e o intimismo de uma descoberta que atores e público fazem em conjunto.

Os Cardume – Colectivo de Impro são um grupo de 9 improvisadores que concebem e interpretam peças de teatro improvisadas inspiradas pelas sugestões do público presente em cada espetáculo. São um projeto em progresso constante que agrega improvisadores com diferentes origens e estilos. Atualmente, são o grupo de improviso mais numeroso em Portugal, o que possibilita a criação única de cenas coletivas complexas, dinâmicas e coloridas com vários improvisadores a trabalhar em sintonia em palco.
Os Cardume – Colectivo de Impro nasceram em 2015 e têm evoluído através de formação contínua com alguns dos improvisadores e atores nacionais e internacionais mais relevantes (Os Improváveis – Portugal, John Mowat – Inglaterra, Gustavo Miranda – Colômbia, Patti Stiles – Austrália, Daniel Nascimento – Brasil, Yann Van Den Branden – Bélgica, Laura Doorneweerd – Holanda, Inabl Lori – Israel, entre outros), contando já com dezenas de espetáculos levados a palco. Atualmente apresentam-se regularmente no Auditório Orlando Ribeiro em Telheiras, mas já levaram a cena espetáculos na Cossoul, Bartô, Teatro de Carnide, TeatroEsfera, entre outros locais.

Interpretação ANDRÉ CARVALHO, ANDRÉ PEDRO, ELSA DUARTE, JOÃO FILIPE RIBEIRO, PEDRO MIGUEL SILVA, SARA AFONSO, SUSANA BRANCO e VERA AROEIRA
Fotografia ANA SOFIA BRANCO
Conceção Artística e Produção CARDUME – COLECTIVO DE IMPRO

STAND-UP | IMPROVISO

2020 | FEV 06, 13, 20, 27 | MAR 05, 12, 19 e 26 

QUI – 21H00

CAFÉ-TEATRO

8€ [PREÇO ÚNICO] 

60 MINUTOS 

M/16

NOTA: SESSÕES CANCELADAS DEVIDO À PANDEMIA COVID-19

PARTILHAR