Ok honey

Ok, honey

Inês Madeira Lopes, Madalena Rato e Noeli Kikuchi

Entre marido e mulher não se mete a colher.
Entre homem e esposa não se mete a faca.
Entre mesa e tacho não se mete o talher.
Entre sofá e televisão mete-se a vaca velhaca.
Entrelaçado o boi mete a pata no dói-dói.

Ok, honey é uma performance interdisciplinar entre música e dança, que resulta numa distorção dos papéis convencionais de instrumentos eruditos e do corpo feminino no lar.

Direção Artística e Interpretação INÊS MADEIRA LOPES, MADALENA RATO E NOELI KIKUCHI
Composição Musical INÊS MADEIRA LOPES
Coreografia NOELI KIKUCHI
Direção de Percussão MADALENA RATO
Registo de Imagem ALÍPIO PADILHA, ANA PAGANINI
Apoio à Residência BIBLIOTECA DE ALCÂNTARA, B.O.T.A., CÃO SOLTEIRO.RESIDÊNCIAS 12O, ESCOLA SUPERIOR DE MÚSICA DE LISBOA – INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA, ESTÚDIOS VICTOR CÓRDON, FÁBRICA BRAÇO DE PRATA
Apoio à Criação METROPOLITANA
Design de Comunicação NICOLÁS FABIAN
Agradecimentos FRANCISCO CIPRIANO, MIGUEL SOBRAL CURADO

INÊS MADEIRA LOPES iniciou o seu percurso musical no Conservatório Regional de Setúbal, onde estudou violino, viola d’arco e composição. Licenciada em Composição na Escola Superior de Música de Lisboa, com os professores Carlos Caires, António Pinho Vargas, Luís Tinoco e João Madureira. Participou em masterclasses e conferências com Kaija Saariaho, Thomas Adès, Jaime Reis, John Chowning, Mario Mary, entre outros. Criou “Jano” com a bailarina Michele Luceac para o projeto de investigação “Música para espaço específico”, parceria entre a ESML e a Faculdade de Motricidade Humana. Compôs “Primeira sensação de um lugar” para guitarra solo, encomenda do Festival de Música de Setúbal, para a inauguração da exposição “Lanzarote, a janela de Saramago” de João Francisco Vilhena. Escreveu a peça para fagote solo “Reminiscências”, para a 34ª edição do Prémio Jovens Músicos, encomenda da Antena 2 – RTP. Compôs música, em parceria com a compositora Sara Marita, para o projeto “Vozes abafadas e instrumentos distantes”, encomendada para a Festa dos Anos de Álvaro de Campos. Integrou a 4ª edição do programa “Jovens Compositores”, dos Estúdios Victor Córdon, com orientação de Luís Tinoco, Victor Hugo Pontes e Joana Craveiro. Participou na residência “Corpo Clandestino”, de Victor Hugo Pontes, n’A Gráfica – Centro de Criação Artística.

MADALENA RATO nasceu a 26 de abril de 2002 em Lisboa, Portugal, e iniciou os seus estudos musicais aos sete anos de idade na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo. Tocou violoncelo durante três anos e depois percussão aos dez anos de idade. Em 2017 iniciou os seus estudos na Escola Profissional Metropolitana com Marco Fernandes, Tomás Moital, Miguel Herrera e Andreu Rico. Tocou com a Orquestra Clássica da escola, Orquestra de Sopros e com o conjunto de percussão “Percussões da Metropolitana”. Este ensemble de percussão tocou transcrições de “A Sagração da Primavera” de Igor Stravinsky e “Os Planetas” de Gustav Holst. Trabalhou com vários percussionistas, tais como, André Dias, Christophe Delannoy, Christoph Sietzen, François Desforges, Nancy Zeltsman, Nick Woud, Nuno Aroso, Pepe Garcia, Philippe Spiesser. Tocou com algumas orquestras, tais como, Orquestra Metropolitana de Lisboa e Orquestra de Câmara da Guarda Nacional Republicana, e muitos maestros, Alberto Roque, Amaury du Clausel, Cesário Costa, Francisco Sequeira, Johan de Meij, Mark Bartley. Atualmente participa como percussionista e intérprete em “Carta”, um espetáculo da atriz e encenadora portuguesa Mónica Calle; e, em 2021 e 2022, no programa Jovens Compositores nos Estúdios Victor Córdon que junta música, teatro, dança e multimédia durante residências artísticas e é coordenado por Luís Tinoco. Está a estudar na Escola Superior de Música de Lisboa com Jeffery Davis, Richard Buckley e Pedro Carneiro, desde 2020. Madalena colabora com jovens compositores, com um grande interesse pela música contemporânea e projetos interdisciplinares.

NOELI KIKUCHI é bailarina e performer japonesa, iniciou os estudos em dança em 2016 na Escola Superior de Dança (IPL), destacando os docentes Amélia Bentes, Bárbara Griggi, Catarina Câmara, Jácome Filipe e Sylvia Rijmer. Em contexto académico, foi selecionada para participar na residência artística organizada na KARNART C.P.O.A.A, dirigida por Luís Castro e Vel Z. Participou também no programa Compositores e Coreógrafos 2019, organizado pelos Estúdios Victor Córdon e coordenado pelo compositor Luís Tinoco e o coreógrafo Victor Hugo Pontes, contando com a participação dos coreógrafos Elisabete Magalhães, Maria Antunes e Miguel Ramalho. Atualmente está a finalizar o mestrado em Artes Cénicas da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa, destacando os docentes Yael Karavan e João Garcia Miguel. Realizou o estágio curricular na companhia de teatro Artistas Unidos, onde fez assistência de cena dos encenadores Jorge Silva Melo e Pedro Carraca. Profissionalmente, integrou como bailarina o elenco do “Manga Theater”, dirigido por Tiago de Faria e foi intérprete do coreógrafo Hugo Marmelada na peça “Now I Know I Really Don’t Know”, estreada em 2021 na MONO Lisboa (PT). Foi também bailarina e assistente do coreógrafo Rafael Alvarez na peça “UN TSUGI”, para a Plural_Companhia de Dança, apresentada nas Carpintarias de São Lázaro (Lisboa, PT). Ainda com Rafael Alvarez, foi intérprete na peça “Na Onda da Distância”, apresentada em 2022 no Bangkok Art and Culture Centre (Banguecoque, TH). Na área do teatro, foi assistente de movimento do encenador Hugo Gama em “Ultimacto”, assim como após finalizar o estágio curricular, foi convidada para ser assistente de cena da peça “Vida de Artistas”, encenado por Jorge Silva Melo, que estreou em 2022 no Teatro São Luiz (Lisboa, PT). Tem experiência em pedagogia, lecionando vários workshops de movimento e dança contemporânea, mas destaca o seu papel como coformadora do workshop Expressão Sócio-emocional, em colaboração com João Oliveira, membro do Gabinete de Apoio Psicopedagógico da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

©Fotografia ANA PAGANINI

PERFORMANCE

2O22 | JUL 29 a 31

SEX e SÁB –  2OH3O
DOM –  16H3O

CAIXA DO PALCO

1O€ | DESCONTOS APLICÁVEIS

6O MINUTOS

M/12

PARTILHAR