Vibrações Ensemble

VARIAÇÕES ENSEMBLE

5 Dias de Sol

Vibrações Ensemble é um grupo musical que pretende uma estética de fusão de diversos géneros instrumentais como o erudito, o jazz, a world music, entre outros. Com as diferentes abordagens musicais dos diversos instrumentistas é assim criado um espaço de união entre diferentes sonoridades. Inicia-se como uma atividade pedagógica no Conservatório de Música D. Dinis em Odivelas numa colaboração entre Ricardo Almeida (compositor) e Manolo Matas (guitarrista). Atualmente, apresenta-se como um grupo independente, projeto da Associação Cultural Zarambel, numa tentativa de criação, reprodução e divulgação de novo reportório português.

Este concerto tem como objetivo a apresentação do primeiro disco gravado “5 Dias de Sol”, álbum constituído por 11 temas originais, compostos pelos seus fundadores, que foram gravados numa parceria com a Minutos Redondos. Álbum este que tenta retratar as paisagens lisboetas e a vida quotidiana, como uma contemplação sobre a passagem do tempo. Porém, também inicia assim a nova temporada 2019/2020 que têm ênfase na música proveniente de países de Língua Portuguesa, como o Brasil, Macau, Cabo-Verde, entre outros.

Guitarra MANUEL MATAS CASADO
Flauta RITA LOPES
Violino e Voz INÊS ALMEIDA
Violoncelo GONÇALO JUVANDES
Percussão ARTUR FILIPE
Contrabaixo BRUNO BARBOSA
Composição RICARDO ALMEIDA

Manuel Matas Casado, guitarrista, licenciado em Guitarra Clássica pelo Conservatório Superior de Música de Málaga e mestrado pela “Universidad de Extremadura”. Professor de Guitarra do CMDD, desde 2009 até hoje, e coordenador da classe de guitarra desde 2014. Professor da AMAC (Associação Musical dos Amigos das crianças), entre 2008 e 2014. Diretor artístico de várias iniciativas pedagógicas nas escolas onde trabalhou, (estágio de guitarras, masterclasses, projeto Diáspora, projeto Gamelão, concurso de guitarra). Criador, em conjunto com Ricardo Almeida, do projeto Vibrações Ensemble e guitarrista deste  projeto.

Rita Lopes, flautista. Atualmente é aluna de Flauta na ESML, sob a orientação da professora Amalia Tortajada. Fez o Curso de Flauta no CMDD, com o Prof. Ricardo Alves. Participação na Gala de Ópera com a Orquestra de música do Colégio Moderno com o maestro Frederico Projecto no Teatro Nacional São Carlos. Ministrou aulas de iniciação à flauta transversal no LxPro e na AECs na Escola Rainha Santa. Ganhou, em 2017 e 2018, o primeiro prémio do Concurso de flauta promovido pela escola de música Nossa Senhora do Cabo, de Linda-a-Velha. Participou no Teatro Nacional São Carlos na Orquestra de Música do Colégio Moderno. Participou em masterclasses com os professores Nuno Inácio e Emily Beynon.

Inês Almeida, violinista e cantora, estuda violino e canto na Escola do Hot Clube de Portugal, em Lisboa. Concluiu o curso de Violino no CMDD na classe da professora Agnieszka Dziuba. Já tocou numa grande diversidade de locais, como o Palácio da Ajuda para entidades presidenciais, o Palácio da Foz, o Mosteiro Margarida Encarnação. Já atuou em espaços como o Tivoli BBVA na peça “O Sonho de uma Noite de Verão”, na Malaposta com o Combo de Jazz do conservatório e, ainda, na famosa caravela portuguesa, “Vera Cruz”.

Gonçalo Juvandes, violoncelista, concluiu o curso de Violoncelo sob a orientação das professoras Ajda Zupancic e Marília Peixoto no CMDD. Tocou em palcos como os Recreios da Amadora, Jerónimos, Malaposta e no Teatro Tivoli BBVA. Tocou a solo com a Banda Filarmónica São Bento de Massamá nas Festas da Padroeira de Almeida, Banda de Música da Sociedade Recreativa e Cultural de Pintéus, na Paróquia de Póvoa de Santo Adrião e de Nossa Sra. Rainha dos Apóstolos.

Artur Filipe, percussionista, aluno finalista do CMDD. Estudou com António Rosa, Luís Cascão, Marco Fernandes, André Rieu, Miguel Herrera e Fátima Juvandes. Vencedor da primeira edição do concurso interescolas realizado pelo seu conservatório, no escalão E, ocorrido em Março de 2018 e também do concurso interno realizado pelo mesmo em 2016. Atuou no ciclo de concertos de Primavera do Concelho de Mafra com a orquestra sinfónica de jovens da Junta de Freguesia de Santo Isidoro. Realizou atuações, em 2016, com a Orquestra ligeira da Academia Sons e Harmonia no Castelo de Lubbenau, em Krimnitz e no Finsterwalder Sengerfest, na Alemanha. Foi instrumentista da Orquestra Clássica e Sopros da Metropolitana sob a direcção do maestro Reinaldo Guerreiro.

Bruno Barbosa, contrabaixista, é aluno no curso secundário do CMDD, sob a orientação do prof. Miguel Menezes. Apresenta‑se regularmente na Orquestra Sinfónica, como chefe de naipe e na Orquestra de Sopros, do CMDD. Faz parte do Mix Ensemble e do grupo Cinco por Cinco, dirigidos pelo prof. Lino Guerreiro. Além das atuações com o Vibrações Ensemble, atuou no Teatro Tivoli BBVA no concerto final do CMDD.

Ricardo Almeida, compositor, atualmente estuda composição na ESML com João Madureira. Concluiu o Curso de Guitarra Clássica sob a orientação do prof. Nuno Sá. Especializou-se em guitarra jazz, integrando alguns grupos como a Big Band Júnior e o Combo de Jazz e Quarteto de Professores do Conservatório, tocou ao lado de músicos como Claus Nymark, Filipe Raposo, Rita Maria, Inês Laginha e Maria João. Apresentou-se no Centro Cultural de Belém, Mosteiro dos Jerónimos, Teatro Tivoli BBVA, Centro Cultural do Cartaxo, Teatro Municipal São Luiz, Hot Club de Portugal, Centro de Arte de Ovar, entre outros. Escreveu arranjos e mais de uma dezena de peças originais para o Vibrações Ensemble, Riju Ensemble, Orquestra do CMDD, Cluster Lab e Laboratório de Música Mista José Luis Ferreira.

MÚSICA

2019 | OUT 12

SÁB – 22H00

AUDITÓRIO

8€ | DESCONTOS APLICÁVEIS

75 MINUTOS 

M/6

PARTILHAR