P LOW

P LOW

Depois de uma passagem bem-sucedida, pela última edição do The Voice Portugal, P LOW prepara-se para apresentar o seu álbum de estreia a solo. Fortemente influenciado pelas sonoridades da Soul, R&B e o Hip-Hop, P LOW, é um caso raro onde a fusão destes géneros acontece de forma plena, surpreendente e ao nível do que melhor se faz no mercado internacional.

Voz P LOW 
Bateria LUÍS LOGRADO
Teclas BERNARDO CRUZ
Produção RHODES ENTERTAINMENT

De acordo com as novas directrizes da DGS/Ministério da Cultura, a partir de 1 de junho, as salas de espetáculos e cinema passarão a funcionar com lugares marcados, com todas as filas ocupadas e um lugar de intervalo entre espectadores, excepto se forem coabitantes.
O uso de máscara é obrigatório.
Devido aos constrangimentos e complexidade de gestão de lugares face a estas normas, a Malaposta informa que apesar de na planta disponível os lugares estarem intervalados no local aquando da recepção do público será feita, no espaço, a devida distribuição dos coabitantes respeitando sempre os lugares de intervalo impostos entre espectadores não-coabitantes.  

A Rhodes Entertainment nasceu como uma produtora audiovisual em 2008, em Lisboa, onde funcionava um escritório, com um único trabalhador, e um estúdio de produção. A ideia partiu do CEO e Fundador, Carlos Vieira, no sentido de profissionalizar uma área que o próprio já estava a desenvolver sozinho, uma vez que ele próprio foi artista e compositor no passado.

O “core” da empresa passou essencialmente por produzir músicas para séries televisivas, como foi o caso de “Morangos com Açúcar”, assim como para outros artistas, com serviços de estúdio e produção fonográfica. Foi nesta sequência que o grupo deu o salto para a produção de espetáculos ao vivo a nível nacional, mas com uma perspetiva global.  Desde então, e com um portefólio de artistas composto por nomes que vinham de fora para dentro, o bom nome do grupo Rhodes rapidamente se elevou ao contexto internacional, fazendo com que, em 2014, começassem a surgir as primeiras vendas fora de Portugal, nomeadamente após a produção da primeira edição de um festival de marca própria, o Rhodes Festival de Inverno. As dinâmicas de comunicação e de ativação da marca do grupo contribuíram para que, ainda neste ano, surgisse o primeiro escritório em regime de outsourcing, em Madrid, seguido de Londres e Nova Iorque em 2015. Esta expansão do grupo ergueu a necessidade de expandir o “core business” da marca, levando a que, passados mais de 10 anos da sua criação, o grupo conte com uma panóplia de serviços que vão desde a produção de eventos, agenciamento de artistas e gravação e edição de música.

MÚSICA

ADIADO

AUDITÓRIO

8€ [PREÇO ÚNICO]

Por forma a evitar contactos desnecessários, para este evento não se aceitam reservas.

50 MINUTOS

M/6

PARTILHAR