4 EM LINHA

4 EM LINHA

Patrícia Blázquez

“Ao longo de quatro anos fotografei de forma intensiva e sistemática a grande maioria dos espetáculos apresentados no Centro Cultural da Malaposta. Com o término da Direção de Joana Ferreira e Manuela Jorge fui convidada a fazer a exposição de encerramento. Havia vários caminhos possíveis para esta mostra, mas sempre me fez sentido que fosse uma exposição assumidamente cronológica que revelasse a cadência dos espetáculos e a passagem do tempo.

Ser fotógrafa residente da Malaposta durante estes anos foi um privilégio e muito contribuiu para a minha experiência e crescimento enquanto fotógrafa e enquanto pessoa. Integrei uma pequena grande equipa, maioritariamente feminina, em que todos fizeram de forma irrepreensível muito mais do que as funções que lhes competiam. Centenas de artistas pisaram estes palcos deixando e levando certamente as melhores lembranças. O público acolheu todas estas apresentações, expectante e atento e foi ali ao seu lado que senti muitos corações a bater em uníssono, numa sintonia que dava sentido ao propósito de ali estarmos.

Fiz questão de fotografar a partir da plateia, ser mais uma no meio de tantos, ser surpreendida, sorrir, emocionar-me. Apenas tive de conseguir registar os momentos entre as minhas emoções e, nesse desafio, confirmei a minha paixão pela fotografia de espetáculo.” [Patrícia Blázquez]

PATRÍCIA BLÁZQUEZ nasceu em Lisboa em 197O. Tem o curso de Marketing e Publicidade do IADE e trabalhou sempre em instituições culturais. Interessou-se desde cedo pela fotografia, mas só a partir de 2OO8 começou a procurar formações mais específicas e experiências no âmbito da fotografia em geral e da fotografia de espetáculos. Organizou a exposição individual “Quando se apaga a luz” no Centro Cultural da Malaposta em 2O2O. Participou em duas exposições coletivas que resultaram na publicação de dois livros.


© Fotografia PATRÍCIA BLÁZQUEZ

 

EXPOSIÇÃO

2O24 | FEV 17 a MAR 28

TER a SÁB – 14H3O às 18HOO

FOYER

ENTRADA LIVRE

M/O3

PARTILHAR