Recital de poesia e harpa

RECITAL DE POESIA E HARPA

Vítor de Sousa e Emanuela Nicoli

Momento de rara e fresca beleza lírica e musical com um depurado sentido estético, este recital traz-nos Vitor de Sousa, consagrado ator, em declamação de poemas de autores nacionais acompanhado pela leve e etérea musicalidade da harpa.

Declamação VÍTOR DE SOUSA
Harpa EMANUELA NICOLI

PROGRAMA
Poema de Eugénio de Andrade – A Arte dos Versos; música de T. O’Carolan – Lady Athenry e J.B. Krumpholtz – Sonata em Fá Maior: Allegro Moderato
– Poema de Miguel Torga – História Antiga; música de S. MacDonald – Serenata
– Poema de Eugénio de Andrade – As Palavras; música de Anónimo – Romance
– Poema de Sebastião da Gama – O Sonho; música de Anónimo – Barcarola
– Poema de Maria Teresa Horta – Segredo de Ti; música de Hasselmans – La Source
– Poemas de António Gedeão – Amor sem trégua, Alda Lara – O Testamento, Almada Negreiros – A Flor; música de J.S. Bach – Cantata 147 Jesus bleibet meine Freude
– Poema de Manuel Alegre – Teoria do Fado; música de C. Rosetty – Canção de Amor
– Poemas de Bocage – Auto-retrato, Soneto ditado na agonia; música de C. Debussy – Primeiro Arabesco
– Poemas de Eugénio de Andrade – Elegia, Joaquim Pessoa – Se ao menos soubesses, José Saramago – Circo, Ary do Santos – Auto-retrato, David Mourão-Ferreira – Soneto do cativo; música de M. Delmas – Prière
– Poemas de Carlos Queirós – Canção Grata; música de M. Tournier – Suspiro e F. Godefroid – Estudo de Concerto em Mi bemol menor
– Poemas de Vasco De Lima Couto – Não me posso queixar, Rita Olivais – Jornal da manhã, Pedro Homem de Mello – Cidade; música de F. Godefroid – Serenata
– Poemas de Sophia De Mello Breyner – Porque, A Paz sem vencedores e sem vencidos; música de Haendel – Passacaglia
– Poema de Rosa Lobato de Faria – Dizer Amor; música de Paradisi – Tocata

CRUZAMENTOS
[PALAVRA.MÚSICA]

2O21 | JUN 2O

DOM – 17H00

AUDITÓRIO

1O€ [PREÇO ÚNICO]

55 MINUTOS 

M/O6

PARTILHAR