COMBATE CÉNICO

INICIAÇÃO AO COMBATE CÉNICO

OFICINA

FEV 04 (INSCRIÇÕES ATÉ 30 JANEIRO)

TER - 18H30 às 22H30

CAFÉ-TEATRO
20€ [PREÇO ÚNICO]

4 HORAS
M/16




Combate Cénico é a utilização de várias técnicas teatrais, que criam a ilusão de violência física, mantendo a segurança dos atores e do público. Englobando uma variedade de técnicas de confronto com armas e sem armas, a sua mestria dá credibilidade a histórias com conflitos físicos. Estas técnicas são aplicadas e adotadas a cinema, teatro, ópera, ballet, etc. Os Combates Cénicos podem ser coreografados realisticamente ou fantásticos, dependendo da sua finalidade.

OBJETIVOS
compreender os princípios básicos de segurança por detrás das técnicas de Combate Cénico. Aprender várias técnicas de combate em palco. Trabalhar com segurança com um parceiro ou vários parceiros. Entender que o Combate Cénico é uma técnica de representação. Ganhar confiança, ter as noções e as capacidades básicas para vir a realizar trabalhos. Consciencialização do movimento corporal e dos “timings”.

CONTEÚDOS
- Combate corpo a corpo: bofetadas, socos, empurrões, pontapés, puxões, etc.
- Ação/reação (depende da construção da personagem)
- Posicionamento
- Movimento
- Tempos

LOTAÇÃO MÁXIMA: 12 participantes
MONITORES: Luís França, Vasco Alves ou João Pedro Frazão

LUÍS FRANÇA
Licenciado em Animação Educativa e Sociocultural (IPP – Instituto Politécnico de Portalegre), teve como cadeiras relevantes Animação e Criação: Teatral, Musical e Plástico-Visual, Fotografia e Produção Audiovisual. É pós-graduado em Património e Projetos Culturais (ISCTE –Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa e tem vindo a desenvolver um trabalho contínuo em Recriações Históricas e eventos - Império Romano, Medieval, Renascentista, Barroco e Século XIX. Participou em diversas produções televisivas e é instrutor de Armas da Academia de Esgrima Histórica. Como formação completar, cursou em Escrita de Argumento (NexArt – Centro de Formação Artística), fez o Curso de Certificação de Aptidão Profissional – CAP (Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém) e encontra-se a finalizar o Curso de Treinador de Grau I (IPDJ – Instituto Português do Desporto e da Juventude).

VASCO ALVES
Praticou durante 2 anos Wado Ryo com o Mestre Porfírio Santos, onde obteve a graduação de cinto laranja, e durante 10 anos praticou Kung Do Te, tendo obtido a graduação de Instrutor. Praticou também durante 4 anos Full Contact com o Mestre Carlos Rodrigues e 6 meses Kick Boxing com o Instrutor Fernando Fernandes. Lecionou Kung Do Te durante 2 anos em Tomar e atualmente ensina Full Contact em Tomar. Realizou formações na área da Defesa Pessoal enquanto Técnico Profissional de Reinserção Social em Lisboa e fez o Curso de Treinadores de Grau I, certificado pelo IPDJ com cédula 87509. Desenvolveu trabalho como Recriador Histórico em feiras e eventos e participou em vários torneios de Esgrima Histórica, tendo obtido o primeiro lugar na categoria de Espada Longa e Espada Sintética. De alguns anos para cá tem vindo a participar no WAC – Campeonato de todos os estilos, onde ganhou 4 medalhas de ouro e 3 medalhas de prata nas categorias de Espada Longa e Espada Sintética. É também Instrutor de Armas da Academia de Esgrima Histórica.

JOÃO PEDRO FRAZÃO
Trabalha na área do teatro, animação e Recriação Histórica há cerca de 20 anos, desempenhando funções como encenador, ator, figurinista, aderecista e cenógrafo. É responsável pela Direção de Arte em variados anúncios publicitários. Em cinema, tem trabalhado como Realizador, Produtor, Diretor de Arte, Guarda-Roupa e Argumentista. Alguns dos filmes em que trabalhou têm vindo a participar em vários Festivais Nacionais e Internacionais. É assistente de Armas da Academia de Esgrima Histórica.